Características da raça

Catahoula Cur

Atualmente, a raça Catahoula Cur é considerada uma das mais raras do mundo. Originada no estado da Louisiana, nos Estados Unidos, e considerada como um famoso símbolo da cultura local, no Brasil a raça americana é popularmente conhecida como Cão Leopardo de Catahoula.

Os cães Catahoula Cur apresentam pelagem curta, porte médio a grande e cor que varia entre preto, amarelo, castanho ou tigrado. Em relação ao temperamento característico, embora sejam considerados carinhosos, amáveis e fiéis, o Catahoula Cur é bastante ágil e inteligente, além de ser um excelente protetor da casa e de seu dono. A raça apresenta um comportamento indiferente com estranhos, porém ressalta-se que os filhotes devem ser socializados desde cedo a fim de promover uma melhor convivência.

Por ser um cão ativo, é necessário que seu temperamento também seja constantemente trabalhado por meio de exercícios. O Catahoula Cur aprecia atividades físicas e elas devem ser estimuladas diariamente para que o cão gaste sua energia, e também para evitar alterações no humor e estimular o seu adequado desenvolvimento.

Curiosamente, o Catahoula Cur é conhecido pela sua capacidade peculiar de escalar árvores. Devido ao aspecto físico musculoso, a raça é reconhecida pela habilidade de caça, pelo auxílio no manejo de gado e pastoreio. De fato, nos séculos XVI e XVII, os cães Catahoula Cur eram usados pelos colonizadores da América em atividades tradicionais locais, como a caça de javalis. Relatos sobre sua origem afirmam que a raça apresenta parentesco genético com cães nativos da América do Norte, e teria sido domesticada por índios nativos da região.

Considerando os cuidados básicos diários, vale frisar que o cão Catahoula Cur deve ser criado em local onde possa farejar e correr. Por ser uma raça com instinto de caça e trabalho, ao permanecerem sedentários, amarrados ou confinados em locais com pouco espaço, os cães podem demonstrar alteração no comportamento, apresentar dificuldade de convívio com outros animais e inclusive provocar estragos na casa. Com isso, é importante que ele seja levado para passear e fazer longas caminhadas em áreas livres, de preferência em locais que permitam o convívio com outras pessoas e animais, o que favorece o processo de socialização e facilita a sua convivência. Além disso, a raça Catahoula também é bastante propensa a desenvolver heterocromia canina.

Em relação aos hábitos alimentares, o Catahoula Cur deve receber uma dieta balanceada e rica em nutrientes a fim de repor a energia gasta ao longo do dia. Basicamente, os cães comem duas vezes ao dia, e a quantidade deve ser calculada de acordo com o peso, a idade e o porte do cão. Em média, os machos têm tamanho de 56 a 58 centímetros, e as fêmeas chegam a alcançar 51 a 61 centímetros. O peso varia aproximadamente entre 16 a 37 kg.

Devido ao seu estilo de vida, os cães Catahoula Cur podem apresentar problemas de saúde de caráter ortopédico, principalmente complicações na região do quadril. No entanto, assim como qualquer outra raça, é importante que o cão seja acompanhado por um profissional veterinário com frequência. A raça vive, em média, 14 anos.